Núcleo de Artes da Universidade

Apresentação

O NAU  - Núcleo de Artes da Universidade Estadual de Santa Cruz nasceu dentro do Departamento de Letras e Artes como um suporte para as manifestações artístico-culturais que os alunos vinham desenvolvendo, de forma espontânea, durante a sua permanência na Universidade. Associado a isto, havia também um interesse  em torno da criação de um grupo de teatro que ficasse responsável pela montagem e apresentações do Auto do Descobrimento do Prof. Dr. Jorge Araújo(Coordenador do Mestrado em estudos Lingüísticos - MINTER/UESC- CAPES), que estaria integrado ao projeto da Comissão Institucional para as Comemorações dos 500 anos do Descobrimento do Brasil, (CICDB).
As primeiras apresentações do Auto do Descobrimento, em 1981 e 1996/1997, tiveram um gosto de pioneirismo. A dispersão do grupo e a dificuldade de se encontrar um novo elenco dentro da comunidade universitária foram grandes e agravantes para que não se realizasse a remontagem do espetáculo conforme previa o calendário de eventos da Comissão Institucional das Comemorações dos 500 anos do Descobrimento do Brasil – CICDB.
Atravessadas e superadas as dificuldades iniciais, o grupo, com título sugerido pelo Prof. Ramayana Vargens, diretor teatral, e aprovado pelo grupo, de NÚCLEO DE ARTES DA UNIVERSIDADE  - NAU  SANTA CRUZ  conseguiu se reestruturar e, finalmente, chegou à  montagem desejada do Auto do Descobrimento, em l4 de setembro de 1998, data que marcou a iintrodução  das comemoraçoes do Dia da Santa Cruz, nesta Universidade. Para a consecução deste intento foram necessários alguns investimentos e estratégias de sensibilização da comunidade universitária em geral, para a importância de se enveredar num trabalho teatral sério e, não obstante, baseado em atividades lúdicas, agradáveis, porém, eficientes, técnicas e bem fundamentadas.
Foi elaborado, pela professora Nevolanda Pinheiro e o professor e diretor teatral Ramayana Vargens, com a assessoria da professora doutora Ana Maria de Bulhões Carvalho Edelweiss (Uni-Rio), um ante-projeto que vislumbrava a realização de cursos rápidos e oficinas, tais como: Introdução à Literatura Dramática, Técnica Vocal, Improvisação, Interpretação, Maquilagem, Máscaras,  Clown,  Perna-de-pau,  etc. (realizados entre julho de 98 e fevereiro de 99) cujo objetivo era, através de ampla campanha de sensibilização da comunidade universitária, propiciar um embasamento mínimo, teórico e prático, de formação teatral.
A partir de outubro de 2002, o Núcleo  incorporou o projeto Musicalização e Canto Coral da UESC, da professora Tereza Ferraz (DFCH), com a criação do Coral da UESC.
Hoje, o NAU oferece, também, oficinas de musicalização (violão, flauta-doce, percussão, teoria musical, técnica vocal), danças folclóricas, teatro, capoeira, além de apoiar atividades artísticas da Universidade Aberta à Terceira Idade, colaborando, ainda com diversos cursos da Universidade, no que diz respeito à montagem de trabalhos cênicos específicos, atendendo suas necessidades pedagógicas.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ
Campus Soane Nazaré de Andrade, Rodovia Jorge Amado, km 16, Bairro Salobrinho
CEP 45662-900. Ilhéus-Bahia
wmaster