Bolsas de mobilidade acadêmica

 

Antes de falar das bolsas de estudos, é bom conhecer o conceito de "mobilidade acadêmica". Mobilidade é o processo que possibilita ao estudante de graduação ou de pós-graduação, matriculado em uma instituição de ensino superior (IES), estudar em outra instituição brasileira ou estrangeira e, após a conclusão dos créditos e/ou pesquisa, receber um comprovante de estudos da instituição de origem. O intercâmbio uma forma de mobilidade. O estudante pode ainda realizar mobilidade para pesquisa ou estágio. Após a conclusão da mobilidade/intercâmbio, o estudante solicita o aproveitamento de estudos, assim terá os créditos/estágio constando no histórico acadêmico do curso de origem no Brasil. A mobilidade acadêmica possibilita o contato dos alunos, professores e pesquisadores com outra cultura, o que muito contribui para a formação humana e o aperfeiçoamento acadêmico.

Graduação:

O intercâmbio poderá ser feito a partir do 3º semestre do curso. Para trilhar os primeiros passos da mobilidade/intercâmbio observe com atenção os dados abaixo. Normalmente, a mobilidade envolve um período de 1 a 2 semestres e deve ser programada segundo as normas regimentais que organizam a vida acadêmica do aluno na Instituição em que estuda. Na UESC observe a Resolução CONSEPE 80/2014 e instruções da Arint. Atualmente há duas modalidades de mobilidade/intercâmbio:
a) Mobilidade nacional ou internacional por edital ou programas
b) Mobilidade nacional ou internacional livre

a) Mobilidade por edital/programas (nacional ou internacional) - O estudante acompanha o lançamento dos editais semestrais, para intercambio no exterior, e/ou para intercâmbio no Brasil, participa das seleções e dos testes de proficiência (quando previsto no edital). Nessa modalidade o estudante selecionado receberá bolsa para ajuda de custo com o intercâmbio. Veja os editais anteriores na aba "editais", e comece a preparação (participe de atividades que são cobradas no barema dos editais e realize estudos pertinentes ao idioma do edital que você deseja participar nas próximas edições).

Programa Cargill Global Scholars, oferece apoio financeiro de desenvolvimento de liderança.
Observe as normas no site da Cargill: www.cargillglobalscholars.com
Sobre a empresa: https://www.cargill.com/
Rede Social: https://www.facebook.com/IIELatinAmerica/

Programa de Mobilidade Nacional – Atualmente ocorre através do Programa ABRUEM, é um edital unificado (para todas as universidades estaduais brasileiras) através dele você poderá estudar em outra universidade brasileira por 6 meses. A cada ano pode ser uma nova lista de universidades. A mobilidade nacional também oferta bolsa.

b) Mobilidade Livre (nacional ou internacional) – O estudante não recebe bolsa. A UESC ajuda na tramitação de documentos e emite declarações e/ou cartas pertinentes e exigidas pela instituição de destino. Se optar pela mobilidade livre você pode observar as universidades que a UESC tem convênio (consultando a parte de "Convênios"), ou fazer mobilidade em qualquer IES de sua escolha.
Nesta modalidade basta que você pesquise, escolha e entre em contato com a instituição de sua preferência. Neste caso, após definir a universidade, você precisa entrar no site da mesma e localizar o curso equivalente ao seu, conferindo também se há disciplinas que você poderá aproveitar para a sua grade curricular. A mobilidade também poderá ser em universidade não conveniada com a UESC. É importante saber que o convênio em si não pressupõe bolsa de auxílio ao estudante.

Há opção para receber bolsa na "mobilidade livre". Ao ser selecionado por outra IES o estudante pode participar do Edital de bolsas da UESC, é um edital semestral publicado pela Arint. Mas, antes de se inscrever no edital de bolsas você precisará obter a carta de aceite da IES que desejar realizar intercâmbio. Para isso, envie a documentação para a IES de sua escolha com bastante antecedência, assim dará tempo receber a carta de aceite.

Conheça outras opções de bolsas de Graduação
Conselho Internacional de Estudos Canadenses (Informação disponível somente em inglês - em francês)
Centro de Informação Canadense sobre Diplomas Internacionais (Informação disponível somente em inglês - em francês)
Conselho de Ministros de Educação do Canadá (Informação disponível somente em inglês - em francês)
Holanda (consulte em: https://www.nesobrazil.org/bolsas-de-estudo)
UNESCO (consulte em: https://en.unesco.org/)

Pós-graduação:

As oportunidades são variáveis de acordo com o curso/programa. Recomenda-se realizar consultas pessoalmente setor/ assessor de relações internacionais. Entretanto, informações sobre bolsas de estudo podem ser encontradas em sites oficiais:
Suíça: http://www.swissuniversities.ch/en/
Embaixada da Suíça: www.eda.admin.ch/brasilia

Agências Nacionais

  1. CNPq – Oferece bolsas no exterior segundo as seguintes modalidades: Doutorado Pleno (DGE), Pós-doutorado (PDE), Doutorado Sanduíche (SWE), Estágio Sênior (ESN) e Treinamento no Exterior (SPE). Informações detalhadas em: http://www.cnpq.br/web/guest/apresentacao13/

  2. CAPES - A Capes oferece regularmente diversas modalidades de bolsas para estudo no exterior: Doutorado, Estágio de doutorado, Estágio pós-doutorado, dentre outras.
    Bolsas e auxílios internacionais: http://www.capes.gov.br/bolsas-e-auxilios-internacionais?view=default
    Editais em: http://www.capes.gov.br/editais-capes
    Alguns programas específicos da CAPES:
    CAPES/FTC – Portugal (https://www.fct.pt/apoios/cooptrans/capes/)
    Edital (https://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/12092018_Edital_34_FCT.pdf)
    CAPES/ FIPSE – EUA (em: https://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/Edital_010_FIPSE.pdf)

  3. FAPESB - Oferece bolsas de estudos no exterior a partir de editais com a finalidade de apoiar o desenvolvimento da pesquisa científica e tecnológica no Estado da Bahia em instituições do exterior (Pós-Doutorado).
    PÓS-DOUTORADO (PD2) - Destinada a quem alcançou o título de doutor/a, e tem vínculo com instituição de ensino superior e/ou centro de pesquisa científica e/ou tecnológica com sede na Bahia, para desenvolver projeto de pesquisa em instituição de outro estado ou país.
    Programa de Cooperação Internacional da FAPESB - Visa identificar parcerias que possibilitem a troca de informações e oportunidades para o desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia. È necessário acompanhar as notícias do site e os lançamentos dos editais.

  4. Ministério das Relações Exteriores
    A Agência Brasileira de Cooperação (ABC) tem Programas de Cooperação Técnica com o Japão e o Canadá, além das cooperações que estão em fase de negociação, com a Espanha e a Alemanha. Obtenha informações no site: www.abc.gov.br

Acompanhe também as redes sociais da ARINT, as oportunidades de bolsas são divulgadas frequentemente:
Facebook: Mobilidade Academica Arint UESC
Instagram: arint_uesc



Idioma:
Português English Español
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ
Campus Soane Nazaré de Andrade, Rodovia Jorge Amado, km 16, Bairro Salobrinho
CEP 45662-900. Ilhéus-Bahia
Núcleo Web